Agrihub

A CASA DA FAMILIA RURAL

Endereço

Rua Eng. Edgard Prado Arze, S/N. Centro Politico Administrativo. Edifício FAMATO (Térreo). Cuiabá-MT | CEP 78.049.908

Contato

(65) 3600 0733

Um aspecto fundamental do manejo do gado é garantir o cuidado e a alimentação adequados dos animais. Saber onde e o que os rebanhos pastam; manter a saúde; prevenir e tratar doenças; coletar produtos e excrementos (para uso como fertilizante) – essas são as principais funções da pecuária. Nesse contexto, é indispensável realizar um efetivo monitoramento de gado.

A agroindústria está atualmente explorando muitos outros casos de uso dessa técnica para o manejo animal. Um deles é o emprego de drones para o monitoramento de gado. Por exemplo, os drones podem ser utilizados ​​para verificar o estado de saúde dos animais. Dessa forma, os produtores não teriam que ficar no pasto o tempo todo: o drone faria isso. Veja a seguir.

Drones para o monitoramento de gado

Os drones podem ser usados ​​como uma ferramenta para lidar com a contagem diária do rebanho. Os tipos programáveis usam, muitas vezes, modelos de aprendizado baseados em Visão Computacional para a detecção e o rastreamento de animais.

Com o uso de drones na pecuária, os agricultores podem monitorar remotamente as fontes de água e saber onde o gado está. Outro benefício da utilização dos drones é a capacidade de detectar as áreas sem ter que percorrer todo o pasto. As imagens feitas por drones também podem ser usadas para decidir onde construir cercas e para onde mover o gado.

Também cabe destacar que há drones equipados com câmeras e recursos de imagem térmica. Eles monitoram o movimento e a saúde do gado, realizam contagens e verificam as equipes de trabalho em terra.

Continue a leitura para entender um pouco mais sobre a utilização de drones para o monitoramento de gado! Confira!

Automatizando drones programáveis ​​

A automação de drones pode economizar muitas viagens e horas de trabalho aos produtores. Por exemplo, um drone autônomo pode voar e gravar vídeos por conta própria em rotas e horários predefinidos.

No entanto, esse é um caso de uso muito simples de automação de drones. Os pesquisadores estão explorando maneiras de automatizar completamente o software de gerenciamento, movimentação e monitoramento de gado usando drones programáveis.

Uma maneira de fazer isso é colocar uma tag RFID em cada animal. Ela pode ser usada para localizar com precisão cada gado com um drone. Além disso, se o produtor quiser localizar um determinado animal e verificar sua condição, basta digitar o número RFID. O drone sairá e o encontrará no campo.

Da mesma forma, um drone programável pode ajudar no pastoreio rotacional. Esse drone pode ser programado para detectar qual porção do pasto foi pastoreada – e, consequentemente, mover o rebanho para o próximo piquete disponível.

O tempo de rotação pode ser ajustado de acordo com o estágio de crescimento da forragem. Assim, não é usado o mesmo piquete para pastagem – de modo a permitir que as plantas forrageiras renovem as reservas de energia, reconstruam o vigor e aprofundem seu sistema radicular.

Encontrando o melhor drone para a pecuária

Normalmente, uma configuração de drone agrícola inclui:

  • sistemas de propulsão;
  • equipamentos de navegação GPS;
  • sensores e câmeras;
  • controladores programáveis (em alguns casos) – usados ​​para controlar os voos do piloto-agricultor ou para lançar um programa de voos automatizados. 

Os VANTs (Veículos Aéreos Não Tripulados) agrícolas são capazes de capturar informações precisas. Os softwares baseados em drones processam os dados coletados e os entregam em um formato de fácil leitura. Existem várias opções disponíveis no mercado, com diferentes especificações e conjuntos de recursos.

Saiba mais! 

Os drones para monitoramento de gado são o passo lógico na tecnologia agropecuária! Além disso, os drones também são ideais para monitorar pastagens. Câmeras digitais e sensores, juntamente com imagens de alta resolução, oferecem excelentes informações em tempo real. Os dados obtidos revelam as condições da vegetação e do solo e podem rastreá-las ao longo do tempo.

Nosso artigo inspirou você de alguma forma a fazer mudanças em sua propriedade? Conhece mais alguém que se beneficiaria com essas informações sobre monitoramento de gado? Compartilhe o post, continue acompanhando nosso blog e fique por dentro de outras novidades do setor agropecuário brasileiro! Até a próxima!