Agrihub

A CASA DA FAMILIA RURAL

Endereço

Rua Eng. Edgard Prado Arze, S/N. Centro Politico Administrativo. Edifício FAMATO (Térreo). Cuiabá-MT | CEP 78.049.908

Contato

(65) 3600 0733

A 3ª edição do “Digoreste Agro Talks” foi o ponto de encontro da tecnologia com o agronegócio mato-grossense. O evento que reuniu agentes do ecossistema de inovação e empreendedorismo, startupeiros, pessoas interessadas em inovação tecnológica e estudantes, aconteceu nesta quinta-feira (20/10) no AgriHub Space, em Cuiabá.

A realização ficou por conta do Digoreste Startups e do Instituto AgriHub, com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MT) e o Instituto Senai de Tecnologia em Mato Grosso (IST-MT).

Com a ideia de alavancar as inovações tecnológicas no agronegócio o Digoreste Agro Talks trouxe para compor o painel “Inovação e Empreendedorismo no Agro” os renomados, Ricardo Huffel (diretor de Marketing da Vega), Rafael Prete  (gerente de Marketing da Lavoro Agro) e Henry Sakane (gerente nacional da Plataforma Digital da Lavoro Agro).

O debate foi rico em conteúdo, troca de experiência, novas tendências e tecnologias que mais impactaram o futuro do agronegócio.

Para Henry Sakane a inovação se tornou uma necessidade dentro das empresas. E as startups surgiram para solucionar os problemas do produtor rural e do agronegócio de um modo geral, de maneira inovadora e altamente tecnológica. “A inovação deixou de ser apenas um diferencial, hoje é necessidade”, apontou Sakane.

Ao falar sobre oportunidade, Rafael Prete, afirmou que o agronegócio vem atraindo profissionais dos mais diferentes segmentos. “O agronegócio, é um setor pujante da economia brasileira, portanto vem atraindo profissionais dos mais diferentes segmentos, motivados pelas excelentes oportunidades de crescimento, especialmente nas áreas de tecnologia e inovação para o agro”, apontou Rafael.

Segundo Ricardo Huffel, o desenvolvimento das AgTechs e o uso de tecnologias no campo é extremamente importante para impulsionar a produtividade e a rentabilidade do produtor rural e do agronegócio.

Os participantes conheceram a metodologia do Instituto AgriHub, pensada para conectar os produtores rurais às soluções tecnológicas e estabelecer um canal de suporte para os profissionais atuantes no agronegócio. O Instituto foi apresentado pelo Líder da Rede AgriHub PRÓ, Wilton Maciel.

Henrique Rolim, líder da Digoreste Startups, fez um panorama das ações da Digoreste, mostrou resultados dos eventos promovidos desde a criação da comunidade de startups. “O nosso objetivo é atender às necessidades de empreendedores locais ajudando a melhorar o ecossistema empreendedor na baixada cuiabana”, pontuou Rolim.

A parada para o coffee foi o momento que os participantes tiveram para networking, onde trocaram informações e ampliaram a rede de contatos.

Lavoro Agro Trabalha pelo protagonismo do agricultor, solidificando seu crescimento. Fornece ao produtor rural insumos e serviços em todo o seu ciclo produtivo. Está presente em regiões estratégicas para o agronegócio e segue expandindo na América Latina.

Vega – Conecta inteligência analítica e dados aos principais processos de produção agrícola para que o produtor rural tome decisões que promovam o desenvolvimento sustentável de seus negócios. A Vega monitora a produção agrícola atestando a sustentabilidade das práticas na cadeia produtiva do agronegócio.

Ascom Famato